13º Simpósio de Suinocultura – Doenças respiratórias é tema de palestra da doutora Djane Dallanora

Terça-feira, 20 de julho de 2021

Compartilhe

Tema será abordado no dia 12 de agosto, às 17h05, no Painel Sanidade

A sanidade animal é um tema recorrente na cadeia suinícola mundial e, cada vez mais, ganha espaço nos debates sobre a produção. O 13º Simpósio Brasil Sul de Suinocultura (SBSS) aborda o assunto no dia 12 de agosto, no Painel Sanidade. Às 17h05 a doutora Djane Dallanora palestrará sobre o tema “Papel dos agentes primários e secundários no Complexo de Doença Respiratória dos Suínos e suas interações (foco em Influenza, Mh e APP)”.

Djane Dallanora palestrará no 13º SBSS.

Djane Dallanora é médica veterinária pela Universidade Federal de Santa Maria – UFSM (2000), mestre (2004) e doutora (2014) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Iniciou sua atuação profissional na agroindústria na área de produção de sêmen e, posteriormente, assistência técnica na produção.

Atua há 16 anos com consultoria para a produção de suínos, com ênfase nas áreas de manejo reprodutivo, biosseguridade, manejo sanitário e padronização de atividades. Tem um trabalho amplo de palestras em eventos e treinamento de equipes, desde a operação das granjas, produtores, até os departamentos técnicos. Desde outubro de 2020, seu trabalho é pela Atualtech Consultoria e Instrutoria, em um plantel com aproximadamente 180 mil matrizes.

O presidente da Comissão Científica do SBSS, Paulo Bennemann, frisa que as doenças do complexo respiratório podem gerar grandes perdas econômicas na suinocultura. “Quando ocorre, geralmente estão relacionadas com interações de diversos agentes patogênicos. Manter-se atualizado sobre o tema é fundamental para prevenir doenças, assim como o reconhecimento do Brasil que é referência na qualidade e preservação da sanidade dos suínos”.

SOBRE O SBSS

O 13º SBSS é promovido pelo Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet) e é considerado um dos principais fóruns de discussão do setor na América Latina. O evento está programado para o período de 10 a 12 de agosto. Paralelamente ocorrerá a 12ª Brasil Sul Pig Fair virtual. Os dois eventos serão realizados totalmente on-line, com geração e transmissão a partir de Chapecó (SC).

O SBSS reunirá especialistas brasileiros e internacionais, ao lado de agentes desse ultraespecializado mercado, para o compartilhamento de conhecimentos e tecnologias. O evento é essencialmente de natureza científica e com suas raízes fixadas em toda a cadeia produtiva. “Santa Catarina é o maior produtor brasileiro de suínos e o Brasil é referência mundial nessa área. Os conteúdos do Simpósio, como é tradição, têm forte conexão com o cenário mundial e com as práticas do dia a dia da atividade”, reforça o presidente do Nucleovet, Luiz Carlos Giongo.
As palestras serão transmitidas em alta definição, com tradução simultânea do português para o espanhol.

INSCRIÇÕES

O primeiro lote de ingressos está disponível até a próxima segunda-feira, 19 de julho, com os valores: R$ 400 para profissionais; R$ 300 para estudantes; R$ 200 para associados do Nucleovet; R$ 300 para agroindústrias e órgãos públicos, com pacotes a partir de dez inscrições; e R$ 270 para universidades, também com possibilidade de pacotes.

Os valores serão reajustados para inscrições do segundo lote (20 de julho a 4 de agosto) e para o terceiro lote (a partir do dia 5 de agosto e durante o evento). Os pacotes podem ser parcelados em até três vezes.

Além da programação científica, haverá um pré-evento no dia 9 de agosto e eventos paralelos de empresas parceiras nos dias do Simpósio. Os inscritos somente para a Pig Fair virtual também poderão acessar esses eventos.

As inscrições podem ser feitas no site https://nucleovet.com.br/.

O 13º Simpósio Brasil Sul de Suinocultura tem apoio da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), do Conselho Regional de Medicina Veterinária de SC (CRMV/SC), da Embrapa, da Prefeitura de Chapecó, da Unochapecó e da Sociedade Catarinense de Medicina Veterinária (Somevesc).


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *