Tecnologia e inovação aplicadas à produção de leite são apresentadas no Interleite Sul 2018

Quinta-feira, 10 de maio de 2018

Compartilhe

Evento proporciona networking entre participantes e empresas

“Reunimos, em um só lugar palestras, produtos e serviços com o objetivo de aproximar envolvidos na produção leiteira do Sul do País. Essa troca de experiências contribui exponencialmente para o desenvolvimento do setor”, pontuou o coordenador do evento, Marcelo Pereira de Carvalho.Além de oferecer conhecimentos atualizados sobre a cadeia produtiva do leite, o Interleite Sul 2018 oportuniza acesso a novidades do mercado lácteo. A programação do evento, organizado pela AgriPoint, segue nesta quinta-feira (10), a partir das 08h15 com três painéis. Um dos objetivos foi trazer para Chapecó diferentes empresas que atuam no segmento a fim de oportunizar um networking aos quase 800 participantes do evento.

Pela primeira vez no Interleite Sul, a Lely trouxe para Santa Catarina o Sistema de Ordenha Robotizada. A tecnologia, criada na Holanda em 1992, é apresentada no evento e trabalha com o desafio de produzir mais litros de leite de modo amigável com o animal e redução de mão de obra. O robô de ordenha oferece um aumento de 10 a 15% com a possibilidade de produção de dois milhões de litro de leite por ano com apenas uma pessoa trabalhando.

Entre os benefícios oferecidos pelo sistema, o representante da Lely em Santa Catarina Loimar Lorenzetti explicou que é possível efetuar o gerenciamento correto da nutrição do animal com alimento fresco conforme as necessidades da vaca. O robô disponibiliza a ordenha 24 horas por dia, sete dias por semana. É flexível e prepara a vaca para ordenhar, acoplando as teteiras, retirando-as e realizando a desinfecção dos tetos.

 “Com o Sistema de Ordenha Robotizada, a vaca tem fluxo livre, ou seja, decide quando vai comer, ser ordenhada ou vai deitar, melhorando o seu bem-estar e, assim, interferindo positivamente na sua produção, que pode ter aumentos exponenciais refletidos na qualidade do produto e na redução de custos com mão de obra”, explicou Lorenzetti.

A Lely apresentou o Sistema de Ordenha Robotizada aos visitantes

PRODUTOS LÁCTEOS

Indústrias de produtos lácteos também marcaram presença no Interleite Sul 2018. Parceira do evento há anos, a Lac Lélo trouxe para o seminário alguns dos produtos que integram o mix da empresa. Localizada em São João do Oeste, está há 19 anos no mercado com mais de 60 itens a venda entre queijos e cremes. Atua nos mercados de Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro e também exporta produtos como requeijão, creme de ricota, coalho e colonial para os Estados Unidos da América. Saiba mais

O representante da coordenadoria de marketing da Lac Lélo, Rodrigo Broetto,considerou o Interleite Sul 2018 como um espaço oportuno no estreitamento do relacionamento com produtores e parceiros, demonstrando produtos e a força que a marca tem no Sul do País, além de melhorar vínculos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *