Qualificação da cadeira de fornecedores potencializa excelência dos produtos da Lacticínios Tirol

Sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Compartilhe

A escolha dos fornecedores está diretamente ligada à qualidade dos produtos oferecidos ao consumidor na gôndola. É por isso que a Lacticínios Tirol tem como política a contratação de seus fornecedores após uma criteriosa análise dos procedimentos utilizados. Esse processo permite confirmar as práticas de identificação, qualificação e avaliação de cada empresa.

“A gestão da cadeia de suprimentos da Tirol é um processo que consiste em gerenciar estrategicamente diferentes fluxos, bem como as relações entre nossos fornecedores, visando alcançar e apoiar os objetivos organizacionais”, explica Douglas Negrini, gerente do Departamento de Suprimentos da Lacticínios Tirol.

Para aprimorar os processos internos, a companhia iniciou em 2017 uma reestruturação interna de suprimentos, com a segmentação das compras e o fim do rodízio de compradores. Isso permitiu especializar os colaboradores em seu segmento e aprimorar o nível de serviço.

Neste contexto, a Lacticínios Tirol passou a firmar contratos anuais com os principais fornecedores de embalagens, mantendo a previsibilidade nos custos e trazendo saving para a companhia. Também ampliou o prazo de pagamento, melhorando o caixa da empresa, e fez a homologação de fornecedores em manutenção, trazendo concorrência para os fornecedores correntes.

“Mantivemos a compra de materiais e serviços alinhadas às boas práticas de mercado e às necessidades dos clientes internos, sempre em busca do melhor custo benefício e prestigiando fornecedores que apresentam preocupações e efetivas ações de preservação ao meio ambiente”, diz Negrini.

Para 2018, um dos grandes projetos do Departamento de Suprimentos da Lacticínios Tirol é a implantação do Portal de Compras, que permite uma interface online com os fornecedores, proporcionando mais agilidade nas negociações e foco na melhoria contínua de suprimentos.

“Dessa forma, a Tirol adquire mais agilidade nos processos, além da redução de custo e de materiais de expedientes, elevando o setor de compras para uma área estratégica dentro da empresa”, conclui Negrini.

Siga a revista no Instagram


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *