Nutrição saudável para crianças felizes

Quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Compartilhe

Importância do desenvolvimento de um microbioma equilibrado e saudável desde a infância

O desenvolvimento da microbiota intestinal é um processo crítico e essencial desde os estágios iniciais da vida pois afeta os aspectos posteriores da saúde, reduzindo o risco potencial de várias doenças.

 Por: Anke Sentko, Vice President Regulatory Affairs and Nutrition Communication da BENEO.

 Um microbioma saudável e equilibrado tem uma influência positiva na saúde geral. É por isso que o desenvolvimento da microbiota intestinal é um processo crítico e essencial desde os estágios iniciais da vida, mesmo durante a gravidez (via nutrição da mãe), uma vez que afeta os aspectos posteriores da saúde, reduzindo o risco potencial de certas doenças, como obesidade, inflamação do intestino e alergias.

 Um número crescente de pesquisas se concentrou no vínculo entre a microbiota intestinal e a saúde das crianças. Nesse sentido, as fibras prebióticas da raiz da chicória desempenham um papel importante durante a gravidez, na infância e no resto da vida, pois contribuem para o crescimento de bactérias benéficas no intestino.

“Eficácia no suporte ao sistema imunológico durante o inverno”

Infecções agudas são comuns em crianças, especialmente no inverno. Um estudo[i] científico recente dos professores Tamés Decsi e Szimonetta Lohner, do departamento de pediatria da Universidade de Pecs, Hungria, demonstrou os importantes benefícios à saúde de crianças entre 3 e 6 anos, devido ao consumo de fibras prebiótica da raiz da chicória.

Este estudo[ii] avaliou a suplementação de uma dose diária de 6 gramas de fibra de raiz da chicória (Orafti®) em um grupo de crianças entre 3 e 6 anos de idade, durante o outono e o inverno, e demonstrou melhorias na composição da flora intestinal, fezes mais macias – dentro da normalidade – e menos casos de infecção.

Verificou-se que o consumo regular de inulina[iii] Orafti® melhora a microbiota infantil, aumentando o número de bifidobactérias e lactobacilos. Como resultado, houve menos episódios de febre que exigiram uma consulta ao médico e sinusite em crianças do berçário. Além disso, a consistência mais suave das fezes demonstrou um efeito positivo na sua saúde digestiva.

Mesmo quando são administrados antibióticos

As crianças pequenas geralmente precisam ser tratadas com antibióticos, que causam danos significativos à microbiota. Esse tipo de alteração precoce da composição da microbiota pode criar um desequilíbrio no intestino que pode afetar a saúde nos últimos anos.

Um segundo estudo do professor Decsi investigou em profundidade o efeito dos suplementos prebióticos de fibras da raiz da chicória na composição da microbiota intestinal de crianças de 3 a 6 anos, incluindo aquelas em tratamento com antibióticos.

Usando uma metodologia de ponta e um estudo randomizado, duplo-cego, paralelo, controlado por placebo, o estudo examinou a suplementação com 6g de fibra de raiz de chicória entre 258 crianças saudáveis com idades entre 3 e 6 anos, durante um período de 24 semanas durante o inverno.

Os resultados mostraram que o consumo regular de inulina e oligofrutose Orafti® mantém o nível mais alto e mais estável de bifidobactérias benéficas, reduzindo as alterações na composição da microbiota produzidas por antibióticos.

Esses estudos demonstram a importância para a saúde de uma dieta voltada para a prevenção, também na infância. Ao fazer pequenos ajustes nas escolhas diárias, melhorias significativas na saúde podem ser alcançadas, desde idades muito precoces.

Microbiota saudável para o bem-estar geral

A importância de manter uma microbiota equilibrada é uma área de crescente interesse, pois o papel que o intestino desempenha vai muito além da saúde digestiva. Isso significa que a influência das fibras fermentáveis, em particular as que levam a um padrão de fermentação prebiótica e contribuem positivamente com a microbiota, atingem outras partes do corpo e, por exemplo, influenciam a fome e à saciedade (consumo de energia), humor e muito mais.

A inulina e a oligofrutose da BENEO são fibras prebióticas naturais derivadas da raiz da chicória através de um método suave de extração em água quente, são não-OGM e rótulo limpo. São os nutrientes preferidos das bactérias intestinais benéficas e, portanto, incentivam a modulação positiva da composição da microbiota. Isso, por sua vez, melhora a saúde digestiva e o bem-estar interno, apoiando a regularidade intestinal e uma microbiota intestinal saudável.

Sobre Beneo

Para mais informações sobre a BENEO e seus ingredientes visite www.beneo.com e www.beneonews.com ou siga à BENEO no Twitter: @_BENEO ou LinkedIn: www.linkedin.com/company/beneo

A BENEO oferece ingredientes funcionais procedentes das raízes da chicória, do açúcar de beterraba, do arroz e do trigo. A BENEO é o aliado perfeito para ajudar a melhorar as características nutricionais e tecnológicas de um produto. Os benefícios nutricionais chave que aportam seus ingredientes são «redução de gordura», «redução de açúcares», «redução de calorias», «fibra adicionada», «sem glúten» e alternativas lácteas, bem como controle da energia e da saúde digestiva, óssea e dental. Seus benefícios tecnológicos centram-se na melhoria do sabor e da textura de um produto. Mediante uma cadeia única de conhecimentos, que inclui o BENEO-Institute, que proporciona conhecimentos chave sobre ciência da nutrição e legislação, e o BENEO-Technology Center, que assessora na aplicação da tecnologia, a BENEO apoia de forma ativa seus clientes da indústria no desenvolvimento de produtos alimentícios mais equilibrados e saudáveis.

A BENEO é uma divisão do Grupo Südzucker que dá emprego a mais de 1000 pessoas e conta com unidades de produção na Bélgica, Chile, Alemanha e Itália.



[i] “Suplementos com frutanos do tipo inulina em crianças de 3 a 6 anos de idade estão associados a níveis mais altos de bifidobactérias fecais e a um número menor de casos de febre que requerem atenção médica”.

[ii] O estudo de intervenção humana foi randomizado, paralelo, duplo-cego e controlado por placebo.

[iii] Uma mistura específica de cadeias mais curtas e mais longas de frutanos do tipo inulítico descrita no estudo por DP (DP ≥11 aproximadamente 25-30% (em g / 100g DM), DP média de aproximadamente 7 a 8).


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *