Como deve ser um projeto de salas limpas na indústria de laticínios?

Quarta-feira, 5 de junho de 2019

Compartilhe

Fonte: Isodur

As Salas limpas são tipicamente usadas em processos de fabricação ou em pesquisas cientificas. São ambientes controlados, que possuem baixos níveis de poluentes, como: poeira, micróbios, agentes contaminadores e partículas. Tecnicamente estas salas possuem o nível controlado de contaminação através da quantidade de partículas por m³ em um tamanho de partícula especificado. Na indústria de laticínios, assim como em outros setores, é necessário seguir algumas normas específicas. Dentre os importantes órgãos de regulamentação e fiscalização dos processos produtivos, estão entre eles estão o MAPA e a ANVISA.

Projeto de Salas Limpas para indústria de laticínios

A facilidade de sanitização e de limpeza deve ser sempre considerada no projeto das salas limpas. As normas de construção devem ser observadas, de acordo com a legislação em vigor. Conforto térmico, renovação do ar e acessibilidade também devem ser contemplados. A planta baixa deve possibilitar um fluxo contínuo da produção, de forma que não haja contato do produto processado com a matéria-prima no ambiente de processamento. Deve prever um bloqueio sanitário para a entrada exclusiva do pessoal diretamente envolvido no processamento.

Detalhamento da área Controlada

Deve ser prevista a construção de pelo menos uma barreira sanitária, que deve ser o único acesso rotineiro dos funcionários às dependências industriais, e de preferência deve conectar-se diretamente com os vestiários e as instalações sanitárias, de maneira a tornar mais eficiente o controle da utilização da barreira.

O piso deve ser de material certificado, e ter capacidade de não absorver água e líquidos. Deverá ser resistente a impactos mecânicos, a ácidos e álcalis, ser antiderrapante, ser de fácil limpeza além de possuir os cantos arredondados.

As portas e divisórias devem ser desenvolvidas com material que atendem exigências de segurança e possuírem isolamento termo acústico, com superfície lisa e que impedem a liberação de partículas e facilitam a limpeza. Elas podem possuir visores de vidros ou até mesmo acrílico para ter acesso ao interior da sala. O sistema de ar deve ser suficiente para evitar o calor excessivo, a condensação de vapor e deve eliminar o ar contaminado. A corrente de ar nunca deve fluir de uma área suja para uma área limpa.

É indispensável que as áreas produtivas estejam sempre de acordo com as normas de legislação para garantir segurança e qualidade nos produtos. As salas limpas são opções ideais para garantir o controle da contaminação, e gerar resultados de valores, pois estão de acordo com as principais exigências dos órgãos regulamentadores.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *