Caminhões frigoríficos fazem carreata contra o aumento do ICMS em São Paulo

Quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

Compartilhe

Na manhã desta quarta-feira (27), em São Paulo, representantes do setor frigorífico fizeram carreatas em protesto contra o aumento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre carnes.

Lideranças e profissionais dos setores de frigorífico, açougues e distribuidores marcaram protesto contra o aumento do ICMS, determinado por projeto do governador João Doria (PSDB).

Em 15 de janeiro, o governo de São Paulo revogou o aumento nas alíquotas do ICMS para os setores de insumos agropecuários, produção de alimentos e de medicamentos genéricos. Porém, os representantes do setor de carnes dizem que alguns reajustes permanecem em vigor, como a alíquota de vendas para supermercados, que passou de 11% para 11,2%, e deve aumentar para 12% a partir de 1º de abril.
Entre as reivindicações também está a revogação do aumento da alíquota para comercialização entre frigoríficos e empresas que estão enquadradas no Simples Nacional, que passará de 7% para 13,3% em abril.

Os manifestantes se concentraram no estádio do Pacaembu, na zona oeste, e pretendem seguir em carreata até o Palácio dos Bandeirantes, sede do governo, na zona sul da capital. De acordo com a organização, mais de mil caminhões devem tomar as ruas em comboio.

 

Foto por: RONALDO SILVA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO- 27/01/2021

TAGS:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *